Boticário prevê crescimento de 7% em 2019

Boticário prevê crescimento de 7% em 2019

A Eudora deve ajudar o Grupo Boticário a crescer 7% em 2019. A companhia segue com planos em curso para adquirir marcas da área de produtos capilares. O grupo tem faturamento previsto de R$ 13,1 bilhões para este ano.nte.

O Boticário deseja abrir pelo menos 40 lojas até o final de 2019, focando na marca que dá nome ao grupo e na marca Quem disse Berenice?. A Eudora e a The Beauty Box deverão ganhar unidades em shoppings. As inaugurações deste ano ficaram dentro do previsto, com 62 novas lojas abertas.

De acordo com Artur Grynbaum, presidente do Grupo Boticário, a redução nas inaugurações foi pensada para não prejudicar as lojas já existentes, havendo também a força das vendas online.

O grupo prevê investir em 2019 o mesmo valor feito em 2018, dividindo em fábricas, logística e tecnologia: R$ 300 milhões. O valor não inclui aquisições de novas marcas.

Em 2018, o Boticário comprou a Vult, marca de maquiagem mais popular, que faturou R$ 354 milhões em 2017, de acordo com levantamento da Euromonitor International. A marca está em processo de expansão no Norte e no Nordeste, regiões onde sua presença não é tão forte.

A Eudora aposta nas farmácias para crescer. A distribuidora de marcas próprias e terceiras do grupo, a Multi B, assinou um contrato de exclusividade com o Grupo RD, dono das redes Drogasil e Raia. O acordo é voltado para a distribuição dos shampoos e condicionadores da linha Siàge.

A marca também deverá ter dermocosméticos. O objetivo é negociar com outras redes a venda dos produtos, após o fim do contrato de exclusividade. Até o momento, as vendas da marca vão bem, chegando a 16 produtos vendidos por mês, próximo da média de 20 unidades da líder de mercado, a L’Oréal.
Fonte: Mercado & Consumo

Deixe uma resposta

dez + oito =